14.2.10

A CARTA

"Não pense que a pessoa tem tanta força assim a ponto de levar qualquer espécie de vida e continuar a mesma.Até cortar os defeitos pode ser perigoso - nunca se sabe qual o defeito que sustenta nosso edifício inteiro…há certos momentos em que o primeiro dever a realizar é em relação a si mesmo.Quase quatro anos me transformaram muito. Do momento em que me resignei, perdi toda a vivacidade e todo interesse pelas coisas. Você já viu como um touro castrado se transforma em boi. Assim fiquei eu…Para me adaptar ao que era inadaptável, para vencer minhas repulsas e meus sonhos, tive que cortar meus grilhões - cortei em mim a forma que poderia fazer mal aos outros e a mim. E com isso cortei também a minha força.Ouça: respeite mesmo o que é ruim em você - respeite sobretudo o que imagina que é ruim em você - não copie uma pessoa ideal, copie você mesma - é esse seu único meio de viver. Juro por Deus que, se houvesse um céu, uma pessoa que se sacrificou por covardia ia ser punida e iria para um inferno qualquer.Se é que uma vida morna não é ser punida por essa mesma mornidão.Pegue para você o que lhe pertence, e o que lhe pertence é tudo o que sua vida exige. Parece uma vida amoral. Mas o que é verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesma. Gostaria mesmo que você me visse e assistisse minha vida sem eu saber. Ver o que pode suceder quando se pactua com a comodidade da alma." Clarice Lispector Meu comentário: "Clarice sempre Clarice"!

8 comentários:

  1. Que belleza de post.. que gusto y lujo leerte querida amiga.

    Un abrazo
    Con mis
    Saludos fraternos de siempre..

    Que tengas una semana maravillosa..

    ResponderExcluir
  2. Clarice sempre nos revela todos os sentimentos que lutamos tanto pra esconder de nós mesmas.

    ResponderExcluir
  3. Ah, Sonia, querida, posso te pedir um favorzinho? Tira a verificação de palavras dos comentários, já que vc faz a moderação, mesmo. Às vezes deixo de postar comentário por preguiça de ficar digitando aquelas letras malucas, será q sou diléxica e não sabia?Rss, sempre erro as danadas e tenho q ficar redigitando.
    Aff, e lá vem elas de novo...
    Bjoca

    ResponderExcluir
  4. Defeitos e qualidades...como sabê-los se tudo na vida depende do referencial!

    Castrar-se para o agrado geral, é mutilar-se em vão, pois aí só viveremos, sem sermos !

    Clarice se supera.

    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente com seu comentário.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. Mui forte.... Assim que eu gosto...No estilo puxão de orelhas.. Vc. fez M, agora vai pagar pelo que fez e terá a oportunidade de consertar seus erros.... Ontem li numa coluna de fofoca que uma atriz dessas aí famosas.. Foi clicada beijando um bofe, garotinho num camarote vip na Marques de Sapucai. Ela tem namorildo... e teve um momento de deslise. Caraca... sabe o que ela desabafou no outro dia na mesma coluna. Eu fiz MERDA,FOI BURRICE DEI MOLE, NAO DEVERIA TER ME EXPOSTO...Enfim... nota 10 pra ela... Errou, não vai remendar não... Assuma seus erros e vai tentar revertê-los.... Parabéns loiruda... texto tinindo de ótimo. Bjitos.

    ResponderExcluir
  7. Clarisse Lispector,esse nome resume tudo ,lindo!!!bjs.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo14:37:00

    Mas o que fazer com a resignação? Como lutar se já não tenho força alguma? Tenho medo de passar pela vida assim....morna, resignada com a vida, onde buscar forças meu Deus!

    ResponderExcluir

Indique o Blog!