10.10.09

É PRECISO MUITA ESTRADA

Eu já rodei muito a baiana,já desci muito barraco,já perdi a classe,já dei uma de gentalha mesmo!

Nasci muito impaciente,dona das minhas verdades,do contra,de pavio curto,muito moderninha e cheia de filosófias própria.
Jamais levei recados para casa!

Quando chequei na adolescência,pirei geral!
Acredito que foi a pior fase da minha vida!
Essa fase que eu não era mais criança e nem adulta!Mal sabia quem era!
Estava movida de paranóias adolescentes e achava que o mundo girava o tempo todo contra mim.

Na escola de freiras,onde estudei a vida toda,eu era a líder!
Líder da bagunça,líder de matar aulas dentro dos Confessionários da igreja ,líder das notas baixas,líder de suspensão e líder de viver no Gabinete da Superiora.
Não tive um minuto de fama,mas sim anos de fama!

No Ginásio tive segunda-via da Caderneta Escolar de tanta suspensão que levei!As folhas acabaram!Foi preciso uma nova Caderneta para as próximas suspensões!E para completar a alegria da família(decepção) ainda perdi um ano.Foi um escândalo familiar na época!

A linha que meus pais seguiam para nos educar era:diálogo e prisão domiciliar.
Imagine as férias inesquecíveis passei?

Aos quinze anos já fumava dentro de uma família contra o tabagismo.E claro que aprendi a fumar dentro da Igreja da minha escola!
Meu pai com medo que eu fosse para o caminho das drogas me proibiu de fumar na rua e de aceitar cigarro de terceiros.
Ele,mesmo contra seus príncipios, comprava os meus pacotes de cigarro para que eu fumasse a vontade dentro de casa.
Nunca sequer experimentei drogas!

Gêmea de um menino que era um exemplo de comportamento e de notas...sofri com as comparações.Mas sempre tive uma personalidade muito forte,era já movida das minhas verdades e nada me abalava.
Sentia orgulho do meu irmão e sabia que éramos dois seres diferentes.

De um dia para outro houve uma mudança geral positiva de cento e oitenta graus.
Continuei meia bagunceira,mas com notas excelentes e nunca mais matei aulas! Parecia que os hormônios da adolescência começaram a se equilibrar naquela turbulencia que eu vivia!

Me apaixonei pela primeira vez e tive o meu primeiro namoradinho com quinze anos.O que já era tarde para uma menina daquela época porque as minhas amigas começaram a namorar na idade de 12 e 13 anos.

Mais uns meses me tornei um exemplo de menina adolescente!
Comecei a perceber que o mundo estava girando finalmente a meu favor.
As minhas paranóias de adolescentes foram amenizando e as frustações,que eu mesma inventava,não mais circulavam nas minhas veias.
Me tornei uma adolescente normal,apesar do cigarrinho sempre entre os meus dedos e de nunca abaixar a cabeça diante das minhas verdades.

Acho que por isso estou vivendo a menopausa tão bem!Apesar dos pesares...!

Mais amadurecida, é bem mais fácil lidar com as novas fases da vida.

É preciso de muita estrada e muita classe para viajar tranquilamente num mundo desconhecido.

4 comentários:

  1. mais uma vez parabéns pela sua maturidade sonia, faz furor de certeza. beijo!

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua narrativa. Bota personalidade forte nisso!! bjinhoss

    ResponderExcluir
  3. Um exemplo de mulher!!! Beijos...

    ResponderExcluir
  4. Oi Sônia, amei seu post...parabéns pelo blog.
    Bjka

    ResponderExcluir

Indique o Blog!