25.11.09

MARTHA MEDEIROS

Mantenha-se atráz da faixa amarela, não chegue muito perto, não acerque-se de meus traumas, não invada meus mistérios, não atrite-se com o meu passado, não tente entender nada: é proibido tocar no sagrado de cada um. [Martha Medeiros]A gente só entende bem o significado do passado depois de ter experimentado tantos presentes. Só na idade madura eu entendi que o meu passado é sagrado porque faz parte de mim, das minhas entranhas, dos meus erros, dos meus acertos, da minha história ainda inacabada e dos momentos de amor que experimentei com o sabor da total juventude. Dizem que só se tem um grande amor na vida, que o primeiro beijo nunca se esquece, que o tempo é veloz, que os momentos não se repetem, que o raio só cai uma vez no mesmo lugar, que quem espera nunca alcança, que aqui se faz aqui se paga, que a gente nunca se esquece de quem se esquece da gente, nada como um dia atrás do outro, que a vida é passageira, quem canta seus males espanta...e por aí vai... Verdades que na juventude não levamos à sério! (Sonia)

8 comentários:

  1. Não levamos a sério na juventude mas sentimos na maturidade as verdades dessas palavras.

    Tenha um bom dia.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  2. Sonia eu acho que há coisas em que não se deve mexer demais. por vezes elas estão arrumadas e nós só necessitamos de ir espreitá-las para ter a certeza que estão arrumadas, é olhar e deixar estar, se se for mexer corre-se o risco de voltar a desarrumar tudo outra vez.
    Todos temos necessidade de recordar o que nos compõe, é nosso fez-nos aquilo que somos. Só isso. Ter consciência que o passado passou e olhar em frente e não largar a "bagagem" pode sempre fazer-nos falta. Beijos!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Sónia,
    Excelente texto, como todos os teus textos. Considero que a juventude pela postura que temos na vida, é uma idade fantástica!...
    É possível que só se tenha um amor, é o que dizem, como tu dizes, mas paixões tenho tido várias. Sempre serei uma mulher apaixonada, isto é ainda sou, apesar de às vezes nos dar vergastadas inesperadas. Voilá c'est la vie!...
    Beijinhos,
    Manuela

    ResponderExcluir
  4. É, eu vou começar a pensar melhor nisso. Realmente não levo muito à sério essas frases. Tipo, eu acreito que já amei muito uma pessoa, então não amarei mais? Ou o que senti não foi verdadeiramente amor? Eu acho que foi, não vejo outra explicação... Às vezes os momentos se repetem... Ou não foi realmente igual? Eu acho que foi. E, por mais que as chances sejam pequenas, dois raios podem cair num mesmo lugar. A mesma coisa pra quem espera, vai que ela é sortuda e de repente o lugar onde ela espera é o lugar onde ela deve estar. Vai que ela alcança! É difícil, mas pode acontecer. A vida é cheia de probabilidades, a única coisa certa é a morte. Mas vai que eu mudo de ideia?

    ResponderExcluir
  5. OI Sônia, tudo bem?
    Adoro seus textos são cheios de experiências e sabedoria. Concordo com você em relação a velocidade do tempo, ele passa,e muitas vezes ficamos preocupados e ocupados com superfulos, e estou aprendendo a lidar melhor com meu tempo, fazendo mais coisas que realmente gosto.
    bjuss e otimo fim de semana

    ResponderExcluir
  6. Boa noite amigaaaaaaaaaaaaaaaa....
    Como está vc?
    Gostei do texto,maravilhoooooooooooso...
    Saudades docêeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee...
    Beijos mil

    ResponderExcluir
  7. Que buena página...FELICIDADES!

    ResponderExcluir
  8. Gosto muit a autor, e espero ler muito aqui, e vc venha me visitar, beijos !!!

    ResponderExcluir

Indique o Blog!